Destino: Porto de Galinhas

 Localizado a 40 minutos ao sul de Recife, Porto de Galinhas é um dos destinos que mais recebe turistas no estado de Pernambuco e não é para menos! Piscinas naturais com águas cristalinas e mornas no verão, além de uma variedade de opção de lazer fazem desse lugar um paraíso!
A história de Porto de Galinhas não se dá pelas galinhas coloridas que vemos hoje na Vila. Em 1850, era proibido o comercio de escravos no Brasil, de forma a burlar a lei, os navios atracavam na praia com os porões cheios de escravos cobertos com engradados de galinhas D’Angola. A senha secreta da tripulação para os traficantes era “tem galinha nova no porto”, que significava que uma nova remessa de escravos havia chegado. Daí surgiu o nome Porto de Galinhas. Fonte:www.portodegalinhas.org.br
 
As belezas naturais de Porto de Galinhas vão dos coqueirais ao mangue, criando um rico ecossistema perfeito para quem curte a natureza.
 
Além dos atrativos naturais, a vila de Porto de Galinhas também conta com uma ótima infraestrutura de lojas, restaurantes e hospedagem.
Lojas com produtos artesanais e uma diversidade de opções para levar de lembranças, restaurantes dos mais simples aos mais sofisticados e hospedagens para todos os tipos de bolso.

Turista observando lojas de artesanato na Rua da Vila do Porto, em Ipojuca. Por conta das praias visitadas por turistas de todas as partes do mundo, Ipojuca tem como um dos principais fatores econômicos o turismo. A rede hoteleira é bastante desenvolvida, assim como a gastronômica. Ipojuca (PE). Foto: Lulu Pinheiro

 E por falar em hospedagem, procurem ficar em lugares que sejam bem localizados. A nossa Pousada Quatro Estações, por exemplo, fica estrategicamente perto da melhor área de mergulho de Porto e também a 5 minutos à pé da vila. Você pode deixar o seu carro em nosso estacionamento privativo e curtir tudo que tem por perto sem precisar se preocupar.
 E, caso ainda não conheça a Pousada Quatro Estações, fique de olho que em breve contaremos a nossa história para você!
🙂
1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *